materias

Dicas para festa ao ar livre

Alguns cuidados são fundamentais para que a comemoração seja um sucesso
Por Fernanda Montano

festa infantil ao ar livre

Fazer festa de aniversário infantil em um espaço ao ar livre é uma delícia! Crianças correndo e brincando, clima descontraído, tudo perfeito. Mas um bom planejamento é essencial para que esse tipo de evento não acabe se tornando uma furada. Vamos às dicas!

1. E se chover?

Não adianta, sempre é preciso ter um plano B. Deixe o salão de festas do seu condomínio reservado caso o clima não colabore ou faça a festa em um local que já tenha algum tipo de espaço coberto. Outra opção é alugar tendas para que os convidados se protejam da chuva ou tenham uma sombrinha caso esteja muito sol - aliás, já recomende no convite o uso de protetor solar, mas leve alguns extras também, assim como repelentes.

2. Na natureza

Você pode fazer a festa ao ar livre no tema que quiser, mas fica sempre bem bacana aproveitar os elementos naturais, como árvores, flores e arbustos do local para compor o cenário. Temas como piquenique, floresta, jardim das fadas, bichinhos e cores combinam super bem.

3. Planejamento é tudo

Muitas vezes, não basta só chegar no local escolhido e montar a festa. É sempre bom se informar antes se o lugar permite essas comemorações e, em caso de praças ou parques, muitas vezes é preciso chegar cedo para garantir um bom local. Procure ambientes com o mínimo de estrutura, como banheiros limpos e próximos. Se fizer em clubes, é fundamental reservar com antecedência.

4. Alimentação leve

Festas ao ar livre não combinam com comidas pesadas. Pense em alimentos leves e que sejam práticos na hora de comer, assim você não precisa usar tantos descartáveis e gera menos lixo no local - aliás, não se esqueça de recolher tudo ao final do evento.

5. Brincar livre

Nada melhor do que um espaço aberto para incentivar que as crianças brinquem. Aposte em bolas, cordas, bambolês, peteca, elástico e demais brincadeiras "de antigamente"!

5 ideias para o Dia das Crianças

Que tal fugir do brinquedo e proporcionar novas experiências?

5-ideias-para-o-dia-das-criancas

Hoje em dia, as crianças mal sabem onde guardar os brinquedos novos que ganham de aniversário de tanta coisa que já têm, não é mesmo? Então que tal nesse Dia das Crianças pensar em outras opções de presente?

  • E se em vez da boneca ou do jogo, você desse um livro de presente? A literatura infantil brasileira é muito rica e há diversos títulos bacanas. Além de incentivar a leitura, você ainda proporciona um delicioso momento com seu filho, lendo juntos a história.

  • Deixe que ele escolha onde quer almoçar ou convide-o a preparar a refeição junto com você.

  • Há muita programação bacana acontecendo na cidade por conta do Dia das Crianças. Que tal então um dia inteirinho em família? Não há presente melhor!

  • Organize uma divertida caça ao tesouro, as crianças amam! A recompensa ao final pode ser uma sobremesa que ele goste, um ingresso para o cinema ou o jogo de futebol, um vale-passeio preferido ou um cartão feito por você.

  • Acorde seu filho com um caprichado café na cama! Ele vai se sentir pra lá de especial!

Como organizar uma festa do pijama

Super em alta, esse tipo de comemoração é prático e bem divertido

Por Fernanda Montano

festa-do-pijama-curitiba

Que tal comemorar o aniversário em uma noite pra lá de divertida na companhia dos amigos, com direito a café da manhã no dia seguinte? É bem provável que em algum momento seu filho peça para ter uma festa do pijama. Não se apavore pensando na noite em claro… Pode acreditar: esse tipo de comemoração é prático, econômico e, se bem planejado, não vai te dar tanta canseira assim.

Confira 5 dicas para que a sua festa do pijama seja um sucesso:

1.Convite

O convite para a festa não precisa ser super elaborado. O ideal é já sondar os convidados com pelo menos um mês de antecedência, para você ter noção de quanto espaço precisa providenciar e também para fazer lembrancinhas personalizadas. Feito isso, dá para criar um grupo no whats, assim todos os responsáveis terão seu contato. Não se esqueça de orientar sobre o que cada um precisa trazer (pijama, escova de dentes, roupa extra, travesseiro). No dia da festa, você pode aproveitar o mesmo grupo para mandar fotos da farra, os pais vão adorar acompanhar e saber que está tudo bem!

2. Espaço

Já com um número de convidados pré-confirmados, fica mais fácil pensar onde irá acomodá-los. Você pode alugar as cabaninhas, que são lindas e dão um charme todo especial à festa. Caso não haja espaço suficiente, dá para improvisar com vários colchões no chão e, de repente, alugar apenas duas cabanas para ter uma decoração mais bonita. Se ainda assim não couber na sua casa, dá para ver a possibilidade em salões de festas e até mesmo hotéis.

cabaninhas-festa-do-pijama

3. Cardápio prático

Um dos fatores que deixa a festa do pijama econômica (além do número menor de convidados) é a possibilidade de fazer um cardápio mais enxuto e caseiro. Para o jantar, pode ser macarrão, pizza ou até sanduíches. Não se esqueça de providenciar itens para o café da manhã do dia seguinte.

kit-cafe-da-manha-festa-do-pijama

4. Decoração e lembrancinhas

A festa do pijama pode ter o tema que seu filho quiser, seja nas cabaninhas ou na mesa do bolo. Lembrancinhas personalizadas, com os nomes dos convidados, são um mimo que as crianças adoram. Pode ser uma almofada, um kit higiene, chinelos, máscaras para dormir ou até mesmo o próprio pijama.

5. Recreação

Uma dica de ouro para não ter tanto trabalho com as crianças na hora de colocá-las para dormir é contratar uma equipe de recreação. Assim, elas cansam bastante! Após o parabéns, organize uma sessão cinema, com pipoca. E após o filme, cama!

6 passos para uma gestação saudável

Tomando alguns cuidados, você e o bebê ficarão fortes durante os 9 meses
Por Fernanda Montano

ensaio de gestante na praia da ilha do mel no paraná

A gravidez é um momento muito importante e especial na vida da mulher. Mas também é um período que requer alguns cuidados. Confira a seguir um roteiro básico para ter uma gestação tranquila e saudável tanto para você quanto para o bebê.

1. Pré-Natal

Comece o quanto antes. Marcar a consulta com seu obstetra é a primeira coisa que você precisa fazer depois de receber o resultado positivo do teste de gravidez. É bom também entrar em contato com o plano de saúde para saber se há algum tipo de carência e se precisa apresentar documentos.

2. Alimentação

Um dos pontos fundamentais para manter uma gestação saudável e permitir que o bebê se desenvolva bem. Isso significa alimentar-se de forma equilibrada e sem o mito de comer por dois. Também é importante prestar atenção a determinados alimentos que não são recomendados nessa fase, como carne crua ou mal-passada e também salada fora de casa, devido ao risco de toxoplasmose.

3. Atividade física

É fundamental exercitar-se durante a gravidez. Converse com seu médico para ver a atividade mais indicada, pois isso vai variar de acordo com a condição da sua saúde e se já praticava exercícios antes ou não. De maneira geral, as atividades mais recomendadas são as que apresentam baixo impacto, como caminhada, hidroginástica, natação e ioga.

4. Remédios

Assim que confirmar a gravidez, pare de tomar medicamentos por conta. Isso inclui até mesmo um remedinho para dor de cabeça ou enjoo, por exemplo. É fundamental que você questione antes o seu médico sobre qualquer remédio que precisar tomar - e isso vale também para o período de amamentação.

5. Hábitos saudáveis

Pare imediatamente de fumar e beber, caso você tenha esses costumes. O cigarro aumenta o risco de aborto espontâneo, parto prematuro e de o bebê ter baixo peso. O consumo de álcool na gravidez é um tema contraditório, porém já é comprovado que ele chega até a placenta, ou seja, o ideal é se segurar e ficar os 9 meses sem beber.

6. Descanso

Pode acreditar, é recomendação médica! Você vai sentir muito sono e cansaço principalmente nos primeiro e terceiro trimestres da gravidez. Escute seu corpo e fique em casa em vez de sair à noite quando não tiver disposição. É praticamente impossível tirar uma soneca todo dia após o almoço, mas tente sempre que possível pelo menos relaxar e ficar com os pés para cima. Dormir quando se está grávida não é a coisa mais fácil do mundo, por isso técnicas de relaxamento podem ajudar a ter uma noite mais reconfortante.

Dicas e check-list para organizar uma festa infantil

Se você não se programar, pode ter alguns estresses desnecessários
Por Fernanda Montano

decoracao-festa-infantil-museum-of-ice-cream

Comemorar o aniversário do filho é tudo de bom, não é? Seja com uma festa em casa, no parque ou no buffet, é sempre uma delícia reunir família e amigos para celebrar a vida de quem amamos. Porém, se você deixar para a última hora ou não se organizar, pode acabar tendo uma baita dor de cabeça! Afinal, são diversos detalhes a se pensar. Mas não se preocupe, vamos ajudar você nessa missão! Confira o check-list abaixo e boa diversão!

4 a 6 meses antes

Parece muita antecedência, mas dependendo do local escolhido, não é. Alguns buffets, clubes ou salões de festas de condomínios precisam ser reservados meses antes. Então, pense no tipo de comemoração que pretende fazer, para já estimar a quantidade de pessoas (aproveite para fazer a lista de convidados e, se precisar, vá ajustando com o tempo) e saber o tamanho do local necessário.

Defina a data e, de acordo com ela, analise o melhor lugar - pode ser arriscado fazer a festa em um parque se for um mês de muita probabilidade de chuva, por exemplo. Pense no seu orçamento e também no tema da festa. Caso vá contratar produtor ou decorador, esta é a hora.

2 meses antes

Pesquise e defina serviços como alimentação, recreação, foto e filmagem, designer. Também pense nas lembrancinhas, pois se forem personalizadas precisam de tempo de produção e entrega.

15 dias a 1 mês antes

Envie os convites, faça o setlist das músicas e organize todas as compras e encomendas. Reserve o que for necessário de mobiliário, brinquedos e cilindros para encher balões de gás.

1 semana antes

Confirme presença dos convidados e também todos os serviços contratados para o dia. Caso você mesmo vá cuidar da comida, é bom começar o preparo. Separe ou compre a roupa do aniversariante (já que não adianta ir atrás muito antes pois a criança cresce rápido e pode acabar perdendo).

1 dia antes

Se for possível, veja o que pode ser adiantado da decoração, isso facilita muito na hora da correria da festa. Separe também a sua roupa e de toda a família. Coloque as bebidas para gelar e finalize tudo o que falta.

Chegou o grande dia!

Arrume as mesas e os detalhes que faltam da decoração. Encha as bexigas, mas não muito antes para não murcharem. Organize o dia de maneira que o aniversariante possa descansar antes e, assim, aproveitar ainda mais a festa!